Menu Envie sua pauta
Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
06 de maio de 2021
Rádios

Em entrevista, brasileira que mora em Portugal afirma que situação do Coronavírus no País é preocupante

Saúde

por Evandro Artuzzi

Sem título
Publicidade

O Coronavírus já fez 234 vítimas no Brasil, com uma morte confirmada em São Paulo, estado com maior número de casos, 152. A cada dia que passa a situação se complica e medidas de prevenção estão sendo anunciadas pelos governos estaduais. No Paraná, o governador Ratinho Junior anunciou em entrevista coletiva nesta segunda-feira (16), a suspensão das aulas na rede estadual e também pediu para evitar a realização de eventos com aglomero de mais de 50 pessoas. Nos municípios, os prefeitos têm adotado os mesmos critérios. E se no Brasil, a situação é preocupante, na Europa é ainda pior.

Nesta terça-feira (17), uma brasileira que mora há 14 anos em Cascais, Portugal, concedeu entrevista à Extra FM e relatou a situação naquele País. Maria Inês Kruk, que é natural de Candói, contou que a cada dia que passa a situação se agrava, com o aumento de pessoas infectadas. “O País se tomar uma precaução vai acabar perdendo o controle, não tem leito pra tantas pessoas, muitas já estão de quarentena sem frequentar o trabalho e quem ainda está, tipo eu, tem que ir usando máscaras e luvas, além de manter distancia das pessoas entre dois e três metros, somente sair na rua se for necessário. Um problema aqui é que não tem como se prevenir totalmente por que vem muito turista do mundo e Portugal tá deixando entrar, não tem nenhum controle, então se tiver pessoas infectadas vão passar o vírus facilmente”, revelou.

Maria também revelou que a roupa usada para ir ao trabalho precisa ser levada com água quente. “Chegou da rua, a roupa que você tem que chegar e por na máquina pra lavar, de preferencia com água a uma temperatura entre 40 e 60 graus, tomar banho e higienizar as mãos com álcool gel”, disse.

Ouça a entrevista, na íntegra… 

Publicidade
Publicidade

Publicidade