Menu
Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
26 de fevereiro de 2021
Rádios

Chopinzinho inicia vacinação contra a Covid-19

O município recebeu 441 doses para imunizar nesta primeira etapa 131 profissionais da saúde e 289 indígenas.

Saúde

por Edson Zuconelli

vacina chz
O início da vacinação ocorreu na Unidade Básica de Saúde Central. Foto: Assessoria.
Publicidade

Depois de 10 meses de pandemia, iniciou nesta quarta-feira (20) a vacinação da Covid-19 em Chopinzinho. Assim como outras cidades do Paraná e Brasil, os primeiros imunizados são os profissionais da saúde que atuam na linha de frente no enfrentamento do coronavirus e povos indígenas. No Município, as três primeiras doses foram para 2 enfermeiras e 1 técnica de enfermagem.

[Grupo RBJ de Comunicação] Chopinzinho inicia vacinação contra a Covid-19 — As primeiras pessoas a serem imunizadas foram duas enfermeiras e uma técnica de enfermagem. Foto: Assessoria.
As primeiras pessoas a serem imunizadas foram duas enfermeiras e uma técnica de enfermagem. Foto: Assessoria.

As 441 doses da vacina que serão utilizadas na primeira fase chegaram na tarde de terça-feira (19), às 18 horas. Na manhã desta quarta-feira foram vacinados os servidores da Unidade Básica de Saúde sentinela, no Frei Vito, no SAMU e indígenas. Uma das três primeiras vacinadas foi a enfermeira Daniele Maria Menon, que atua na área indígena. “Ontem na chegada das vacinas a gente já se emocionou, isto é uma coisa emocionante. Saio daqui vacinada para poder ir para a reserva, dando conforto e oportunizando esta vacina que há tanto tempo esperamos”, conta.

Para evitar aglomeração, as equipes estão indo até às pessoas para a vacinação, seguindo a lista determinada pelo Ministério da Saúde. São 289 indígenas e 152 profissionais da saúde. Até sexta-feira, receberão a vacina os profissionais do Instituto San Rafael e condutores da saúde. A vacina aplicada é a CoronaVac. Como funciona com duas doses por pessoa, daqui 25 dias os beneficiados recebem a última dose.

Na segunda fase de vacinação estão os demais profissionais da saúde, idosos e pessoas com comorbidade. No entanto, ainda não existem informações de quantas doses e quando virão. Por isso, as estratégias estão montadas e assim que possível, a população será informada. A vacinação será preferencialmente à domicílio. “Todos serão vacinados. É só ter um pouquinho de paciência, que conforme vem as doses vamos imunizando as pessoas”, reitera a enfermeira Tatieli do Prado, Chefe da Vigilância Epidemiológica.

Publicidade
Publicidade

Apesar da chegada das primeiras doses de vacina, os cuidados contra o coronavírus devem continuar. Isto porquê pode levar muitos meses até que toda a população seja imunizada, em função da produção do imunizante. Com isso, segue em vigor as principais dicas, prezando pelo distanciamento social, higienização e uso de máscara.

Da redação, com informações e fotos da assessoria.

Publicidade