Menu Envie sua pauta
Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
26 de setembro de 2021
Rádios

Vereadores de Chopinzinho realizam a 30ª Sessão Ordinária de 2021.

Durante a sessão três Projetos de Leis foram aprovados pelo legislativo.

Política

por Edson Zuconelli

thumbnail_30 sessao
Foto: Assessoria.
Publicidade

Em virtude do feriado que comemorou o Dia da Independência, foi realizada, excepcionalmente, na quarta-feira (08), a 30ª Sessão Ordinária de 2021. Estiveram em pauta dois requerimentos, dez indicações e três Projetos de Lei.

Em segunda votação e em redação final, foi aprovado o Projeto de Lei Complementar nº 8 de 2021, que altera dispositivo da Lei Complementar Municipal n° 089, de 20 de dezembro de 2017, a qual dispõe sobre a contratação de pessoal em caráter temporário, na forma do art. 37, inciso IX da Constituição Federal.

Este Projeto atende a recomendação do Ministério Público que as hipóteses de contratação por prazo determinado devem estar taxativamente previstas em lei, não se admitindo hipóteses vagas ou genéricas. Com isso, a Procuradoria Geral do Município orientou pela alteração da redação do inciso e para a inclusão do parágrafo único na Lei n° 089/2017, corrigindo assim o caráter genérico do inciso XI.

O segundo Projeto aprovado, em segunda votação e em redação final, foi o Projeto de Lei Complementar nº 9 de 2021 que tem como principal objetivo autorizar a Procuradoria Geral do Município a não ajuizar ações ou execuções fiscais de débitos tributários e não tributários de valores consolidados iguais ou inferiores a 10 (dez) UFM (Unidade Fiscal do Município), além de dar outras providências.

Publicidade
Publicidade

Por fim, foi aprovado, em primeira apreciação, o Projeto de Lei Ordinária nº 46 de 2021, de autoria do Vereador Pedro Reinaldo de Oliveira, que tem como objetivo alterar a Lei nº 3.838/2020, que reconhece no âmbito do Município de Chopinzinho a visão monocular como deficiência sensorial do tipo visual. A alteração se deve ao fato de que, recentemente, foi publicada a Lei Federal n° 14.126/2021 a qual classifica a visão monocular como deficiência sensorial do tipo visual, para todos os efeitos legais.

A próxima sessão está marcada para terça-feira (14), a partir das 18 horas e com transmissão pela Extra FM.

Publicidade