Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
13 de abril de 2024
Rádios

IAT de Pato Branco resgata 39 aves da espécie Azulão em criadouro irregular em Coronel Vivida

Os responsáveis foram multados em R$ 10 mil

Segurança

por Edson Zuconelli

img-20240123-wa0034
Foto: IAT de Pato Branco.
Publicidade

O Instituto Água e Terra (IAT) resgatou 39 aves da espécie Cyanoloxia sp, mais conhecida como Azulão, de um criadouro que estava funcionando de maneira ilegal em Coronel Vivida.

Os responsáveis foram multados em R$ 10 mil em razão da lavratura de dois Autos de Infração Ambiental (AIA) contra a fauna e o local fechado. A operação, coordenada por fiscais do escritório de Pato Branco do órgão ambiental, ocorreu na segunda-feira (22).

Além dos pássaros, foram apreendidas 24 gaiolas e duas armadilhas para captura de novas aves. O local também não possuía licenciamento ambiental atualizado, além de abrigar dois criadores distintos em um mesmo imóvel, o que é proibido de acordo com a portaria do IAT nº 174 de 02 de setembro de 2015.

A fiscalização verificou ainda que havia muitos pássaros com registro incorreto, vinculados a outros criadores, sem a devida notificação da mudança no sistema.

Publicidade
Publicidade

Os animais foram destinados para empreendimentos legalizados pelo IAT. (Fonte: AEN)

[Grupo RBJ de Comunicação] IAT de Pato Branco resgata 39 aves da espécie Azulão em criadouro irregular em Coronel Vivida — Foto: IAT de Pato Branco.
Foto: IAT de Pato Branco.
[Grupo RBJ de Comunicação] IAT de Pato Branco resgata 39 aves da espécie Azulão em criadouro irregular em Coronel Vivida — Foto: IAT de Pato Branco.
Foto: IAT de Pato Branco.
Publicidade