Menu
Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
22 de janeiro de 2021
Rádios

Dom Edgar destaca papel da Igreja na reflexão sobre processo político

Política

por Guilherme Zimermann

DSC_0118
Publicidade

O Regional Sul 2 da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) lançou há, aproximadamente, dois meses, uma cartilha com orientações políticas para cristãos católicos. O bispo de Palmas-Francisco Beltrão, Dom Edgar Ertl integra a comissão técnica e de reflexão sobre o documento.

De acordo com Dom Edgar, seguindo o exemplo do Paraná, a CNBB nacional adotou a cartilha, que visa contribuir para a formação de uma sadia consciência política e motivar a participação no processo político em vista das eleições municipais de 2020.

O bispo lembra que a Igreja Católica é apartidária, sem divisão entre ideologias. “O papel da Igreja é refletir sobre o processo político, assim como a escola deve fazer, assim como o rádio deve fazer e todos as entidades devem fazer”, considera.

Analisando a atuação dos agentes políticos, Dom Edgar salienta que eles devem atuar na administração das coisas públicas, em suas mais diversas áreas.

Publicidade
Publicidade

Lembrando da manifestação do Poder Legislativo de Palmas que realizou uma sessão às margens da PRC-280, para chamar atenção do governo estadual sobre a situação da rodovia, relatou que ele próprio, ao se encontrar com um secretário de Estado, o indagou sobre a situação do Sudoeste, “esquecido pelos governantes”. “Quem é que tem que cuidar da infraestrutura? Não é o bispo que deve ficar pedindo, se humilhando diante do governador, dizendo ‘por favor, olhem para nós’. Não basta dizer que educação, saúde, estradas são prioridades”, aponta.

Dom Edgar destaca que a Igreja apoia o ingresso de cristãos no processo eleitoral, mas sem proselitismo, defendendo que os eleitos sejam escolhidos para, de fato, representarem toda a sociedade e não apenas parcelas da população ou instituições específicas. Ouça a entrevista no player abaixo:

Publicidade