Menu Envie sua pauta
Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
23 de outubro de 2021
Rádios

Programa busca a inserção de mulheres vítimas de violência no mercado de trabalho

Projeto foi aprovado em primeira votação no plenário da Assembleia Legislativa do Paraná

Política

por Lucas Maciel

alep
Foto: Dálie Felberg/Alep
Publicidade

Tramita na ALEP (Assembleia Legislativa do Paraná), uma proposta para que mulheres em situação de violência familiar tenham autonomia financeira sendo inseridas no mercado de trabalho.

O projeto de lei 193/2019 do deputado Anibelli Neto (MDB), foi votado na sessão plenária nesta segunda-feira (4), e aprovado em primeiro turno.

A proposta prevê que mulheres com medidas protetivas tenham alternativas para buscar autonomia financeira através de programas de qualificação profissional. Também está prevista a criação do Programa Tem Saída, com ações geradoras de emprego e renda por meio da mão de obra qualificada.

O programa também tem por objetivo mobilizar empresas para que disponibilizem vagas e oportunidades para estas mulheres criando um ciclo de qualificação e inserção no mercado de trabalho. Vagas também devem ser encaminhadas pelo estado através das Agências do Trabalhador.

Publicidade
Publicidade

Sendo aprovada, a proposta prevê que o Poder Executivo firme parcerias com o setor privado para garantir assistência na implementação das ações desenvolvidas pelo Programa Têm Saída, permitindo que seja concedido às empresas benefícios sociais.

O projeto deverá ser votado em segundo turno ainda nesta semana e sendo aprovado passará para a sanção do Governador do Estado Carlos Massa Ratinho Jr.

Publicidade