Menu
Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
16 de janeiro de 2021
Rádios

Violência doméstica cresce na pandemia, mas cai em Francisco Beltrão

Sem Caderno

por Angela Maria

WhatsApp-Image-2019-08-10-at-08.32.53-938×640-1140×640
Publicidade

Na contramão de várias cidades brasileiras, Francisco Beltrão registra redução no número de casos de violência doméstica em meio a pandemia do coronavírus. A informação, é da delegada chefe da Delegacia da Mulher, Dra. Emanuelle Carolina Baggio.

Em entrevista à rádio Onda Sul, a delegada repassou os números de denúncias nos últimos meses. Em janeiro e fevereiro, quando a Delegacia ainda trabalhava normalmente, segundo ela, foram 87 e 69 boletins registrados, respectivamente.

Em março, com o atendimento restrito devido à pandemia, atendendo somente as causas urgentes, foram 39 registros. “Um número bem abaixo, não registramos nenhum aumento nesse sentido”, salientou Emenuelle.

Outro indicativo positivo, foi a diminuição de flagrantes, apenas seis foram registrados em abril. Já em fevereiro, mês em que ainda não havia o isolamento social, foram 11 casos de flagrante registrados pela Delegacia. “Isso demonstra, e a gente torce por isso, que as pessoas estão mais conscientes”, comentou.

Publicidade
Publicidade

A delegada ainda deu detalhes de como a vítima pode fazer a denúncia, mesmo com o atendimento restrito devido à pandemia. Ouça:

Foto: Arquivo/RBJ

 

Publicidade