Ao avaliar pedido de liminar apresentado pelo MPF (Ministério Público Federal), o juiz Marcelo Gentil Monteiro, da 1ª Vara da Justiça Federal em Brasília determinou, nesta quarta-feira (11),  que o governo Jair Bolsonaro restabeleça a fiscalização de velocidade com radares móveis nas estradas federais.

Com a decisão a PRF (Polícia Rodoviária Federal) tem prazo de 72 horas para tomar as providências necessárias para a volta da fiscalização eletrônica. Em caso de descumprimento, pode sofrer multa diária de R$ 50 mil, a ser aplicada à União.