A PRF (Polícia Rodoviária Federal) voltou a usar radares móveis nas rodovias federais que cortam o Paraná nesta segunda-feira (23). De acordo com a polícia, no Paraná são 25 equipamentos, destes 19 já estão em operação e outros seis ainda estão sendo verificados pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).

A medida atende a uma decisão judicial do juiz substituto da 1ª Vara Federal Cívil do Distrito Federal, Marcelo Monteiro, que determinou o retorno da fiscalização de velocidade por meio de radares móveis e portáteis. O uso dos equipamentos estava suspenso desde agosto por determinação do presidente Jair Bolsonaro.

A Superintendência da PRF informou que, as unidades que possuem equipamentos disponíveis, estão orientadas a incluir a fiscalização de velocidade em seu planejamento operacional.

Radares suspensos

No último dia 15 de agosto, o presidente da República, Jair Bolsonaro, determinou a suspensão do uso de radares de fiscalização de velocidade em rodovias federais. Ficou suspenso o uso de radares estáticos, móveis e portáteis até que o Ministério da Infraestrutura conclua a reavaliação da regulamentação de procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas.

A determinação não se aplicou aos radares fixos, que são aqueles instalados em locais definidos e de maneira permanente, sinalizados por placas de trânsito.

Segundo o documento assinado por Bolsonaro na ocasião, o objetivo da medida era a de “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória dos instrumentos e equipamentos medidores de velocidade”.

Fonte: Paraná Portal