• Compartilhe no Facebook
Foi aprovado pela Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 3.267/2019, que modifica o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), obrigando o uso de faróis baixos em rodovias de pista simples. Em caso de descumprimento o motorista poderá ser multado em R$ 130,00 e perca de quatro pontos na CNH. O projeto agora depende da sanção do presidente Jair Bolsonaro para entrar em vigor e ainda pode sofrer alterações.

 

A comandante da 6ª Companhia de Polícia Rodoviária Estadual do Paraná, Aspirante Ana Gabriela Teles de Almeida, explica que a orientação é utilizar o farol ligado mesmo em vias de faixa dupla. “A orientação é para que os motoristas utilizem o farol ligado mesmo em vias de faixa simples ou dupla, porque essa alteração de via pode acontecer dependendo da rodovia e a pessoa pode esquecer de ligá-lo, então é melhor sair de casa já com o farol ligado, além do fato de que os novos veículos já devem vir de fábrica com as luzes para uso diurno”, afirmou.

Testes de visibilidade já comprovaram que faróis ligados durante o dia aumentam a evidência em até 500%. A resolução 667 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) tornou obrigatório, a partir de 2021, que todos os novos modelos saiam de fábrica com luzes de rodagem diurna (DRL) e a partir de 2023 todos os veículos fabricados no país serão obrigados a ter o equipamento.