• Compartilhe no Facebook

marlene chegou a ser socorrida, mas não resistiu. Foto: Reprodução Facebook

O mês de março começou violento no trânsito regional. Um acidente em Ampére nesta segunda-feira (2) por volta das 19h35, resultou na morte de uma mulher de 37 anos. Marlene Apel era passageira de uma moto que foi atingida por um veículo, segundo populares uma camionete de cor clara, quando voltava da zona rural para a cidade. A colisão ocorreu na estrada que vai para a comunidade de Água Doce.

Na moto estava também o esposo da vítima, Sérgio Ribeiro Lopes, de 39 anos, que era o condutor, e uma criança de aproximadamente dois anos, neto do casal. Eles chegavam ao perímetro urbano e a camionete seguia no sentido contrário quando correu a colisão. O local é uma serra e, após a batida, o motorista da camioneta evadiu-se sem prestar socorro às vítimas.

O Corpo de Bombeiros Comunitário foi acionado e prestou socorro aos três ocupantes da moto. Sérgio e o menino tiveram ferimentos leves. Já Marlene teve fratura exposta em uma das pernas e um corte profundo na altura da virilha que a fez perder muito sangue. Todos foram encaminhados até o Hospital Santa Rita. A mulher foi atendida pela equipe médica de plantão, que momentos depois recebeu apoio do SAMU unidade de Realeza. Enquanto recebia atendimento a vítima teve uma parada cardíaca e foi reanimada.

Momentos depois, devido a gravidade do caso, os médicos decidiram pela transferência de Marlene para Francisco Beltrão. Porém, já a caminho do Hospital Regional, ainda dentro da cidade, ela não resistiu e entrou em óbito. O corpo recolhido ao Instituto Médico de Legal de Francisco Beltrão.

Fonte/fotos: Julio Cezar Alves/Rádio Ampére