O governo Federal publicou no Diário Oficial da União nesta quinta-feira(12) a instituição do Programa para Desenvolvimento em Energias Renováveis e Eficiência Energética – Programa EnergIF. A medida reforça pleito do IFPR para a criação do Curso Técnico em Sistemas de Energia Renovável no Campus Palmas.

Conforme a Portaria do Ministro da Educação, Milton Ribeiro, visa ampliar a oferta de cursos e de profissionais nas áreas de energias renováveis e eficiência energética, impulsionar a ampliação de infraestrutura para laboratórios e aquisição de usinas.

Além de impulsionar a formação profissional tecnológica para ampliar a geração de empregos, preferencialmente com mão de obra local, o programa buscará estimular pesquisa, desenvolvimento, inovação e empreendedorismo.

O Programa EnergIF será voltado às instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, permitindo-se parceria com demais instituições de ensino, públicas ou privadas e abrangerá as seguintes áreas de  energia eólica; energia solar fotovoltaica; eficiência energética na indústria e nas edificações; biogás e biometano; biocombustíveis; e hidrogênio renovável e mobilidade elétrica.

O Reitor do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Paraná(IFPR), Odacir Zanatta, encaminhou  no mês de dezembro de 2018,  uma proposta da Direção do Campus Palmas para a implantação do Curso Técnico em Sistemas de Energia Renovável. O pedido foi apresentado ao Diretor de Desenvolvimento da Rede, Setec/MEC. O Diretor do Campus, prof. Roberto Carlos Bianchi, justificou que muito poderá contribuir para o desenvolvimento  local e regional nas soluções dos problemas econômicos e sociais.

O município de Palmas é pioneiro na geração de energia eólica no Brasil e está localizado em uma região com amplo potencial para geração hidrelétrica nos rios localizados entre os estados do Paraná e Santa Catarina, onde estão os Rios Chopim e Chapecó.