As comunidades rurais do município de Pato Branco terão acesso à Internet através do programa Agronet, lançado nesta semana, através de uma parceria entre a prefeitura pato-branquense e a Ampernet Telecom, Coopertradição, CybertechNet e Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

  • Compartilhe no Facebook

Locais onde serão instalados os pontos de internet e estações de meteorologia

O projeto prevê a instalação de 50 pontos de Internet, cobrindo 100% da área rural de Pato Branco. Cada ponto permitirá a conexão instantânea de até 60 pessoas. O acesso será gratuito, sendo necessário apenas um pré-cadastro para os usuários ficarem registrados junto ao sistema.

Além do Agronet, foi anunciada também a instalação de seis estações meteorológicas, que possibilitarão a coleta de dados para execução de projetos na área da agricultura, e disponibilizados 23 drones, de alta resolução, para o levantamento de informações topográficas e outras relacionadas ao setor agrícola.

Parte dos equipamentos que serão utilizados no programa foram disponibilizados através de liberação da Receita Federal. A outra parte, foi custeada pela iniciativa privada. A expectativa da administração pato-branquense é estar com os pontos de Internet em funcionamento até o mês de novembro.

Além do acesso à Internet pelas comunidades, o programa visa ainda a instalação de câmeras de monitoramento no interior do município, à exemplo do projeto que é realizado em Palmas, através de parcerias entre a Polícia Militar e a Associação de Produtores.