Foi na prestação de contas da 29ª edição da Expobel, durante o Café Acefb Tech desta terça, 28 de julho, na Associação Empresarial de Francisco Beltrão (Acefb), que foi anunciado um centro de inovação que será montado na entidade, no Bairro Miniguaçu, ao lado do parque de exposições. O encontro teve transmissão ao vivo pelo Facebook da Acefb e pelo canal da Ação TV no Youtube.

Tarsizio Carlos Bonetti, presidente da Acefb destaca: “A Acefb tem esse papel de ser inspiradora, ela deve inspirar a classe empresarial, principalmente o pequeno empresário, que sente maior dificuldade em inovar. Com isso, o empresário cresce e fica perene em sua atividade”.

Todo o projeto será desenvolvido entre a Acefb e o Sebrae. Cláudio Dalla Vale, vice-presidente para Assuntos de Inovação e Tecnologia da Acefb, disse que “é uma honra anunciar esse grande projeto, que é o nosso tão sonhado centro de inovação. Tínhamos muitas expectativas e agora, através desse recurso da Expobel, possibilitou de a gente realizar o nosso sonho. Vai ser um espaço dentro da Acefb no segundo piso e vai abrigar novas empresas de tecnologia [startups], e vai alavancar essas empresas, que já tem seu produto definido e estão no mercado”.

“Queremos funcionar como um hub de negócios para essas empresas, criando desenvolvimento, novos links [networking] e principalmente desenvolvimento, inclusive fortalecendo outras entidades do município e os nossos associados. O associado mesmo poderá apresentar suas demandas e que pode ser melhorado através do centro de inovação. Será aberto a quem tiver interesse, mas nesse início queremos trabalhar com o nosso associado”, enfatiza Cláudio.

A caminho de tornar-se referência em tecnologia

No primeiro semestre deste ano, a empresa associada Imaxis, do empresário Cledson Lodi, desenvolveu o aplicativo Maxi Saúde para auxiliar no trabalho dos profissionais de saúde e dos pacientes com a Covid-19. Isso comprova que Beltrão tem potencial tecnológico para desenvolver softwares que auxiliem no dia a dia das pessoas. “Esse é o perfil das empresas que a gente quer trazer para dentro do centro de inovação, para oferecer benefícios para os nossos associados, bem como para toda a comunidade. O centro de inovação é mais uma peça que chega para somar no ecossistema da cidade”, afirma Cláudio.

Joares Ribeiro, diretor executivo da Acefb, cita a missão técnica realizada em setembro de 2019 de um grupo de empresários e líderes de Beltrão para Israel, referência mundial em tecnologia e inovação. “Desde essa viagem nós começamos a construir a ideia do centro de inovação. E como aplicar tudo aquilo que nós vimos em Israel, trazendo para a prática em nossa cidade? Por isso, estamos adaptando esse projeto com as demais entidades envolvidas”.

 

Fonte: Assessoria/ACEFB