Menu Envie sua pauta
Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
14 de junho de 2021
Rádios

Sobem para cinco os casos confirmados de dengue em Chopinzinho

Saúde

por Edson Zuconelli

g_1580240002
Publicidade

A Secretaria de Saúde de Chopinzinho confirmou na manhã desta sexta-feira (14), o quinto caso de dengue no município. Segundo a Secretária de Saúde, Vilmarize Buffon, existem ainda casos suspeitos que estão aguardando resultado de exames. Vilmarize ressalta que a população deve realizar a utilização de repelente.

Na quinta-feira (13), alunos das escolas estaduais realizaram um mutirão de limpeza em alguns pontos da cidade, recolhendo copos plásticos, garrafas, potes, tampas de garrafas entre outros objetos. O trabalho de conscientização por parte da Vigilância em Saúde continua no município.

Neste sábado (15), os profissionais que atuam junto à prefeitura municipal, juntamente com entidades e parceiros estarão realizando uma intensificação na fiscalização em todos os bairros do município, com o recolhimento de objetos que possam se tornar criadouros do mosquito Aedes Aegypti.

Os principais sintomas da dengue são:

Publicidade
Publicidade

Febre alta > 38.5ºC.

Dores musculares intensas.

Dor ao movimentar os olhos.

Mal estar.

Publicidade
Publicidade

Falta de apetite.

Dor de cabeça.

Manchas vermelhas no corpo.

No entanto, a infecção por dengue pode ser assintomática (sem sintomas), leve ou grave. Neste último caso pode levar até a morte. Normalmente, a primeira manifestação da dengue é a febre alta (39° a 40°C), de início abrupto, que geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, além de prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira na pele. Perda de peso, náuseas e vômitos são comuns. Em alguns casos também apresenta manchas vermelhas na pele.

Publicidade
Publicidade

Na fase febril inicial da dengue, pode ser difícil diferenciá-la. A forma grave da doença inclui dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes e sangramento de mucosas. Ao apresentar os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados, todos oferecidos de forma integral e gratuita por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Denúncia de Focos

Se você souber de algum local que não esteja observando as orientações de prevenção contra a dengue, denuncie à Secretaria de Saúde. Combater a dengue é dever de todos!

Secretaria de Saúde – (46) 3242 – 1511

Publicidade
Publicidade

Departamento de Vigilância em Saúde – (46) 3242- 1533

Foto: Assessoria.

Publicidade