Jovens e adolescentes que participaram do projeto do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Parlamento Jovem, foram diplomados e empossados vereadores(as) nesta quarta-feira, (17), em Palmas, Sul do Paraná. A solenidade aconteceu no Centro Cultural Dom Agostinho José Sartori, e contou com a presença do Desembargador e Presidente do TRE, Gilberto Ferreira, e demais autoridades estaduais e municipais.

Em Palmas, o projeto foi coordenado e supervisionado pelo Juiz Eleitoral da Comarca, Eduardo Ressetti Pinheiro Marques Vianna, e executado em parceria com os Colégios Estaduais Dom Carlos, Monsenhor Eduardo, Quilombola Maria Joana Ferreira e Colégio SESI, além da Câmara Municipal e Cartório Eleitoral. Conforme o Presidente do TRE, Gilberto Ferreira, o projeto Parlamento Jovem, tem intuito de levar desde cedo a cidadania as crianças e jovens, os preparando para o futuro, pois se precisa de dirigentes e parlamentares que dignifiquem a nação, e assumam seus compromissos como possíveis gestores de suas cidades.

O projeto, deve ser ampliado para outros municípios, incluindo maior número de jovens ao meio político. “O jovem participando da política ele sabe que as coisas não caiem do céu, é muito fácil fazer criticas aos poderes constituídos, mas, entendendo como funciona o processo vai haver maior compreensão. No modo geral, as pessoas criticam a política, o poder judiciário sem ter a mínima noção da importância que tem e do trabalho que fazem para o país”, disse o presidente.

A partir de agora vereadores(as) que compõe o projeto, poderão realizar requerimentos, fazer indicações e apresentar projetos de lei à Câmara de Vereadores para apreciação.