A Delegacia de Polícia Civil elucidou o latrocínio(roubo seguido de morte) do último dia 02 de maio na Vila Rural em Palmas-PR. Na ocasião o comprador de pinhão, Leandro Wentz, 32 anos, foi morto a golpes de faca por um homem que lhe roubou R$ 6 mil.

  • Compartilhe no Facebook

A vítima foi morta a golpes de faca. Reprodução

A vítima saiu da cidade de Seara, Oeste de Santa Catarina, no último dia 30 de abril e, segundo as investigações, teria sido iludido pelo criminoso que disse possuir grande quantidade de pinhão.

  • Compartilhe no Facebook

Foto: Elvin Santos/RBJ

O corpo do comprador foi encontrado no interior do seu carro com aproximadamente 20 golpes de arma branca, a maioria na região do pescoço.

Conforme a polícia, o suspeito sabia que a vítima traria uma grande quantia de dinheiro, o que supõe que o crime tenha sido premeditado.

Após o delito, o autor comprou um revólver, pois estava com receio de que familiares da vítima pudessem mandar matá-lo.

No dia 24 de maio foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na posse de um revólver calibre .38 e munições. Nesta sexta-feira(07) foi representado pela prisão preventiva sendo o mandado deferido no mesmo dia e a ordem cumprida durante a noite. A Polícia Civil remeterá à Justiça o Inquérito Policial nos próximos 10 dias.

O veículo utilizado por Wentz, uma Fiat/Strada, placas de Xavantina (SC), estava em meio a uma plantação, a cerca de 200 metros da estrada que dá acesso ao aterro sanitário. O veículo foi  avistado ainda na tarde de quarta-feira, 01 de maio no mesmo local. O responsável pelo terreno se deparou com o corpo da vítima no interior do veículo e acionou a Polícia Militar.