A Justiça determinou a desocupação imediata dos imóveis em áreas de risco de desabamento e eminente soterramento no Bairro Cascatinha, na cidade de Palmas, sul do Paraná. A decisão está baseada em vistoria pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e laudo pelo Corpo de Bombeiros.

  • Compartilhe no Facebook

Foto: Elvin Santos/RBJ

Uma das moradora, Dalva Alvez da Cruz, garantiu que não deixarão local. “Nós não vamos sair porque temos nossas benfeitorias todas aqui. Eu criei todos meus filhos aqui e nunca caiu barranco em cima deles”, se defendeu.
Disse que sempre pagou em IPTU e nunca lhe foi dito que ali era área de risco. Acrescentou que nunca receberam ajuda do poder público e agora não tem para onde ir.

Conforme informou órgão da prefeitura, o governo municipal disponibilizará transporte para retirada dos pertences dos moradores e as famílias deverão ser temporariamente acomodadas do Instituto Palmense de Ação Comunitária – Casa de Passagem, até que consigam local adequado para nova residência.

Conforme o governo municipal, a notificação para a desocupação foi procedida em 2018. Como os moradores não acataram levou a questão a uma decisão judicial para a retirada com prazo de 48 horas.