Dentre tantos casos que a imprensa como um todo e o RBJ divulgam diariamente, um fato ocorrido em Palmas, sul do Paraná, na última semana remete a uma reflexão. Um homicídio cometido por motivo fútil, exatamente no tempo em que a sociedade Brasileira refletiu a Semana Nacional da Vida. A manchete desta matéria não se trata do título de uma crônica, mas a possível síntese de um assassinato ocorrido em Palmas, sul do Paraná, na última sexta-feira (10), quando um homem foi morto com golpes na cabeça e teve de seu bolso subtraída a quantia de R$ 7,00, suficiente para aquisição dos produtos descritos no título acima pelo autor do crime, um menor de 16 anos de idade.

Foto: Alencar Pereira
  • Compartilhe no Facebook

Foto: Alencar Pereira

O achado do corpo de Solimar Carneiro, 52, já havia sido noticiado pelo RBJ ainda nas primeiras horas da manhã da última sexta-feira, bem como a detenção do acusado do assassinato no final da tarde do mesmo dia. O setor de Investigação, realizou a apreensão do menor após reconstituir as últimas horas da vítima, que havia estado em um bar e bebeu na companhia de seu futuro matador.

No depoimento a Polícia, o menor relatou que após saírem do estabelecimento nas proximidades da Avenida Clevelândia, no centro da cidade, ocorreu um desentendimento entre ambos. Então derrubou o homem e bateu sua cabeça várias vezes até deixa-lo morto. Então pegou seu dinheiro e mesmo ensanguentado foi a outro bar e com os R$ 7,00 reais da vítima pediu um pastel e uma Coca-Cola.

Ao RBJ, policiais do setor de investigação da Delegacia de Palmas, contaram que o adolescente além de confessar o crime e relatou-lhes o fato com riquezas de detalhes e em nenhum momento demonstrou arrependimento pelo crime.