O Tribunal do Júri da comarca de Abelardo Luz, Oeste de Santa Catarina, reunido nesta sexta-feira (17), condenou dois homens pela morte da jovem Aline Correa, 25, em abril de 2018. Vanderlei Machado Menegais (vulgo Boxano), 40, e Valdecir Pinheiro de Souza (vulgo Neneca), 26, foram sentenciados ao cumprimento de mais de 30 anos de prisão.

A jovem desapareceu no dia 26 de abril do ano passado. No dia 29, o corpo, com partes dilaceradas e amputadas, foi encontrado boiando nas águas do rio Chapecó. Um dos suspeitos foi preso em Palmas, Sul do Paraná, no dia 07 de maio, e outro localizado em Abelardo Luz.

Os dois acusados estavam no Presídio Regional de Xanxerê, onde aguardavam julgamento. Menegais foi condenado a 15 anos, 06 meses e 24 dias e Souza a 15 anos e 10 dias de prisão.

+ Acusados de feminicídio são julgados em Abelardo Luz

+ Corpo de jovem desaparecida em Abelardo Luz é encontrado

+ Suspeito de homicídio é preso em Palmas