Atendendo a uma determinação do delegado-geral, Marcus Vinícius da Costa Michelotto, a 19 Subdivisão de Polícia Civil de Francisco Beltrão inaugurou nesta quinta-feira (14) o Cartório de Homicídios, que passa a tratar com prioridade os crimes contra a vida registrados na área da subdivisão. A criação do cartório deve refletir na otimização do percentual de casos solucionados da Polícia Civil, que no ano passado alcançou 90% de resolução de assassinatos. O início dos trabalhos do cartório foi acompanhado pelo delegado-chefe da Divisão Policial do Interior (DPI), Julio Cezar dos Reis.

De acordo com informações da 19 SDP, no ano de 2011 foram registrados 12 homicídios dolosos em Francisco Beltrão, sendo que 10 foram solucionados, verificando-se o índice de resolução de 84% dos casos. Em 2012, ocorreram 10 homicídios, sendo que em 9 deles houve a descoberta de autoria, atingindo o índice de 90% de sucesso nas investigações. Neste ano de 2013, aconteceu apenas um homicídio na cidade, sendo que o autor já se encontra preso.

O Cartório de Homicídios da Subdivisão ficará sob a responsabilidade da Escrivã Ana Paula Rossi Rathier. Segundo David Passerino, Delegado Chefe da 19ª Subdivisão Policial, estes números refletem o excelente trabalho desenvolvido pelos servidores, desde Delegados, até Escrivães e Investigadores que atuam na unidade.