15317970_893441240790116_603546757624570765_n
  • Compartilhe no Facebook

Ilustrativa/arquivo RBJ

Os crimes contra o patrimônio aumentaram em 2016, na região da 2ª Cia da Policia Militar do Paraná, em comparação com 2015. Os furtos tiveram aumento de 11.8% e os roubos, 39,7%, de todos os tipos. É o que mostra com os dados de janeiro a novembro dos cinco municípios de sua abrangência(Clevelândia, Cel.Domingos Soares, Mangueirinha, Mariópolis).

Em 2015 foram 120 roubos e neste ano, 167. Do total 122 ocorreram em Palmas; Mangueirinha,13; Mariópolis, 04; Coronel Domingos Soares, 08 e Clevelândia, 20.A maioria dos 989 furtos ocorreram em Palmas(617), seguido de Mariópolis(110); Clevelândia(116); Cel Domingos Soares(78) e Mangueirinha(59).

O roubo (art.157 – CP) é caracterizado pelo ato de subtrair coisa móvel alheia, para si ou para outro, mediante grave ameaça ou violência a pessoa (ou não), ou depois de havê-la, por qualquer meio, reduzido à impossibilidade de resistência. Já o Art 155 tipifica o crime de furto, que se caracteriza na subtração de coisa alheia móvel (produto) sem que haja a presença da vítima, real proprietário.
FURTOS/ROUBOS DE VEÍCULOS
Nesta região entraram para as estatísticas de furtos ou roubos, 191 veículos, aumento de 9.77% em relação ao ano passado. Em Palmas, foram 130 registros; Mariópolis, 10; Mangueirinha, 25; Coronel Domingos Soares, 11 e Clevelândia, 15. Do total foram recuperados 104.