Joel da Paixão, 18 anos, popular "Batata".
  • Compartilhe no Facebook

Joel da Paixão, 18 anos, popular “Batata”.

O mês de novembro está sendo o mais violento do ano em Francisco Beltrão, no sudoeste do Estado. Na noite desta sexta-feira (20) foi registrado o 14º homicídio de 2015. Na Rua Marechal Hermes da Fonseca, no Bairro São Miguel, foi morto a tiros Joel da Paixão, 18 anos, conhecido popularmente como “Batata”. O crime ocorreu por volta das 22h30.

Conforme uma testemunha, três homens encapuzados invadiram a casa, agrediram a vítima com socos e chutes e posteriormente atiraram várias vezes. Joel foi atingido por, pelo menos, sete disparos e morreu na hora. Foram constatadas duas perfurações no tórax, uma no braço direito, duas no pescoço e duas no rosto. A Polícia Militar foi acionada e isolou o local para trabalho de perícia da Criminalística e da Polícia Civil. Posteriormente, o corpo foi recolhido ao IML de Francisco Beltrão.

A namorada da vítima, que não quis ser identificada, foi encaminhada pela Polícia Civil para prestar esclarecimentos. Ela contou que chegou na residência e se deparou com os três homens agredido Joel, que não teve chance de se defender. Ela declarou que não reconheceu ninguém pelo fato de estarem com capuz e roupas pretas, mas acredita que fugiram a pé, pois em nenhum momento ouviu barulho de carro ou moto saindo do local.

A polícia investiga o caso e pede auxilio da comunidade. Se alguém souber alguma informação que possa ajudar na identificação dos suspeitos, pode denunciar anonimamente pelos telefones 197 (Polícia Civil) ou 190 (Polícia Militar). Segundo informações, Joel tinha antecedentes criminais e havia sido preso por tráfico de drogas a cerca de 30 dias.