Dois acusados de participação no roubo a um das casas lotéricas na cidade de Palmas, sul do Paraná, no último dia 21 de novembro, foram presos na tarde de ontem(18) em Joinville, Santa Catarina. Policiais militares prenderam dois homens em flagrante, além de apreenderem um adolescente, numa operação desencadeada após o assalto a uma transportadora às margens da BR-101. O grupo é apontado como responsável por vários crimes na região do litoral norte de Santa Catarina. Na casa dos acusados, foram encontradas armas, drogas e dinheiro.

Á autoridadede policial, o adolescente e outro suspeito, confessaram assalto à Lotérica Palmense, usando arma de brinquedo. O assalto em Palmas ocorreu no início tarde do dia 21 de novembro, por volta das 13h00 por três elementos armados. Após o roubo foram encontradas embaixo da torre da Catedral do Senhor Bom Jesus, na praça central, duas armas de brinquedo.

O coordenador do Serviço de Inteligência da Polícia Militar do 3º BPM de Pato Branco, Capitão Zochi, falou ao repórter Alencar Pereira, na Club AM, que a polícia está investigando a possível participação de pessoas de Palmas na ação do grupo, que não teve a identidade revelada para a imprensa.

Conforme ele, o trabalho está sendo realizado pela equipe do serviço de inteligência da 2º Companhia de Palmas e pela polícia Civil. Capitão Zochi salientou que  até  o momento  o que há de concreto é a acusação  sobre  os dois detidos em Joinvile(SC). Relatou ainda que as investigações estão ocorrendo no sentido de apurar a participação dos acusados em outros roubos ocorridos em empresas de Palmas.