Na tarde de sábado (19) um homem de 58 anos, que seria pastor evangélico, e foi preso na última sexta-feira (18) em Dois Vizinhos através de mandado de prisão pela Vara Criminal de Cuiabá (MT), foi encontrado morto na cela onde estava na cadeia pública de Dois Vizinhos.

Segundo o que foi apurado, ele havia sido condenado a 30 anos de reclusão acusado de ter praticado atos libidinosos, atentado violento ao pudor e estupro de vulnerável mediante ameaça praticados contra uma menina de 07 anos, ocorrido em 2011.

Em 2018 após a sentença ele não foi mais localizado, sendo decretado mandado de prisão. Como ele é da região sudoeste a polícia recebeu informações de que ele estaria em Planalto, onde seria pastor de uma igreja evangélica, porém ele não foi localizado.

Após uma denúncia de que estaria em Dois Vizinhos policiais militares o localizaram na sexta-feira (18) quando foi preso e após dado o cumprimento do mandado de prisão ele foi encaminhado para a cadeia pública de Dois Vizinhos.

No sábado (19) o filho do acusado fez uma visita na cadeia pública de Dois Vizinhos,  entregou um lanche e uma bíblia e duas horas depois ele foi encontrado morto na cela onde estava sozinho. Após os procedimentos da Criminalística o corpo foi removido ao IML de Francisco Beltrão. A polícia está investigando o caso.

Foto: Polícia Civil