Prefeitos da região da Cantuquiriguaçu deverão ir à Curitiba cobrar ações por parte do Governo do Paraná para a instalação de uma Companhia Independente da Polícia Militar na região. O novo presidente da entidade, Odir Gotardo, prefeito do município de Pinhão, afirma que é preciso buscar uma definição de qual cidade vai abrigar a nova estrutura policial.

+ Entidades mobilizam-se para instalação de Companhia Independente em Laranjeiras do Sul

+ Municípios da região mobilizam-se para melhoria na segurança pública

+ Assembleia aprova requerimento para criação de Companhia Independente em Laranjeiras do Sul

Em dezembro de 2015, o governador Beto Richa sancionou lei que autoriza o Executivo Estadual “a criar, mediante decreto, uma Companhia Independente de Polícia Militar, com sede no Município de Laranjeiras do Sul”. Porém, a nova diretoria Cantuquiriguaçu defende que cidades como Rio Bonito, Virmond e Cantagalo também preenchem requisitos para sediar a Companhia.

Alguns prefeitos entendem que a escolha da cidade que vai abrigar a sede da estrutura policial precisa ser avaliada com alguns critérios, entre eles, a contribuição que este órgão policial pode trazer para cidade escolhida.

A nova Companhia Independente abrangerá os municípios de Nova Laranjeiras, Rio Bonito do Iguaçu, Cantagalo, Virmond, Porto Barreiro, Marquinho, Goioxim, Palmital, Laranjal e Laranjeiras do Sul com uma população estimada de 110 mil habitantes. A estimativa é que com a elevação, a região passará a contar com um efetivo 50% maior, passando dos atuais 180 para mais de 270 policiais.

Além disso, possibilitará uma atuação descentralizada da Polícia Militar, com presença mais efetiva, principalmente, nas comunidades e distritos do interior, que causam maior dificuldade no atendimento às ocorrência policiais pela distância das localidade. A criação da Companhia Independente propiciará novos e permanentes serviços, como a Ronda Ostensiva Tático Móvel (ROTAM), Patrulha Rural, Serviço de Inteligência (Agência Local de Inteligência), Equipes de Escoltas e Guarda de Presos, Equipe de Trânsito, Patrulhas com Motocicletas, Bases Móveis Comunitárias e Patrulhamento a Pé.