A equipe policial militar da 3ª Companhia, com sede em Coronel Vivida, recebeu um chamado via central informando que na rua Alcides Poletto n° 147, no bairro São Cristovão,  acontecia uma intensa movimentação de usuários de drogas durante todo o dia, durante a ligação o solicitante informou que chegou um veiculo Passat de cor bege com dois indivíduos e os mesmos compraram algo do cidadão conhecido por nome de Jakes, a equipe policial então efetuou a abordagem ao referido veiculo próximo ao local na via publica e foi encontrado com um deles, um cigarro de uma substância análoga a maconha, o rapaz estava acompanhado de outro senhor que estava conduzindo o veiculo Passat de placas AEN-4570, indagados os cidadãos de onde haviam comprado a substância o cidadão informou que haviam comprado na residência do conhecido pelo vulgo (jakes).

Após esta informação a equipe policial deslocou até a residência de Jakes e ao chegar no local perguntou para uma senhora se ali seria a residência de Jakes a mesma informou que não mas ao percebeu a presença policial Jakes saiu de trás da porta que fica ao lado de uma janela na cozinha da casa, o mesmo foi indagado quanto aos usuários haverem comprado uma substância análoga a maconha em sua residência e de principio negou os fatos informando de pronto que ele seria usuário da droga porem não fornecedor.

Franqueou a entrada dos policiais informando para os mesmo onde estariam alguns cigarros de uma substância análoga a maconha que ele faz uso, após buscas na residência foi encontrado uma certa quantia de uma substância análoga a maconha, uma balança de precisão e um valor em espécie de R$ 429,00 em notas de 2, 5, 10,20,50 reais e dois simulacros de armas de fogo uma pistola de cor preta e um revólver de cor bege com cabo preto, duas cartelas com vinte cinco 25 unidades de uma droga conhecida como LSD e uma caderneta com anotações com símbolos sugestivos a comercialização de drogas.

Haviam neste endereço algumas denuncias via 190 e 181 informando que o cidadão conhecido como Jackes estaria comercializando drogas no bairro e estaria amedrontado pessoas em todo o bairro com duas armas de fogo na cinta, diante dos fatos a equipe policial encaminhou Jackes, e os demais detidos juntamente com todo o material aprendido para a delegacia de policia local para os procedimentos cabíveis.