A Polícia Militar de Francisco Beltrão fez a detenção de quatro pessoas, entre elas um adolescente, na tarde desta sexta-feira (04). Todos são acusados de envolvimento em um assalto a mão armada no escritório de uma pedreira que fica localizada as margens da PR-483, na saída de Francisco Beltrão para Cascavel. De acordo com as vítimas, dois homens armados usando capacetes chegaram de moto e invadiram o escritório dando voz de assalto, por volta das 15h45.

Depois de render diretores e funcionários, os bandidos exigiram a abertura do cofre, de onde roubaram cerca de R$ 600,00 em dinheiro e R$ 20 mil em cheques. Antes de fugir, sem que houvesse qualquer reação, um dos bandidos efetuou dois disparos de arma de fogo, provavelmente Pistola calibre 765. Um dos disparos quase acertou a cabeça de Valdecir Motter, sócio proprietário da empresa, que estava deitado a pedido dos assaltantes.

Os dois bandidos que cometeram o assalto e os comparsas foram localizados pela Polícia Militar na região norte da cidade, próximo ao lago do Bairro Pinheirinho.  Houve tentativa de fuga em um veículo Vectra, mas por conta do cerco policial o carro foi abandonado e os bandidos entraram em um matagal onde foram detidos. Com eles, a polícia encontrou parte do dinheiro roubado, porém as armas usadas durante o assalto não foram localizadas.

Os envolvidos, identificados como Maurício Simão de Lima, Cleverson de Almeida e Leivi Everson do Amaral, foram encaminhados à 19ª SDP. O adolescente, que confessou participação no assalto, teve ferimentos e foi encaminhado à UPA para atendimento e, após a recuperação, também será encaminhado à Delegacia.

O caso fica agora sob responsabilidade da Polícia Civil, que dará continuidade a investigação, uma vez que os dois que que invadiram a empresa possivelmente tenham envolvimento em um assalto e uma tentativa de assalto ocorrido recentemente em uma lotérica no Bairro Alvorada.

Fotos: Evandro Artuzi/RBJ