Dez pessoas foram detidas pelas equipe de RPA, ROTAM e Canil  da 2º Companhia de Palmas, no final de semana, sob acusação de envolvimento no furto de veículos e apropriação de peças e acessórios automotivos.A ação policial, que  teve início ontem e se prolongou até a madrugada/manhã dessa segunda-feira(01) foi motivada por uma informação de que dois elementos foram vistos saindo de uma plantação de pinus entre Palmas e Coronel Domingos Soares, carregando rodas de um automóvel e de forma suspeita.

Policiais foram até o local indicado e encontraram um gol cor prata, placa CCI 2026, de propriedade de Jeferson Poggere, que havia sido furtado na madrugada do domingo, por volta das 04h00, no centro da cidade de Palmas, enquanto a  vítima dançava um baile. Do carro, além das quatro rodas, os meliantes haviam subtraídos várias outras peças  e equipamentos.

No retorno do trabalho de recuperação do carro, a equipe policial abordou outro veículo gol prata, palca AEB -2344, dirigido por Jonhn Lenon de Oliveira Marchewitz,19, tendo como caroneiro, Luiz Fernando de Lima,23. Ambos demonstraram nervosismo na abordagem e indagados da relação destes com o carro encontrado na plantação de pinus, confessaram a participação no furto. Também contaram que algumas peças do referido gol encontrava-se na casa de um deles. Na casa indicada, Jocemar de Oliveira Marchewitz,32,negou ter participação no fato, mas indicou onde estava as peças e acessórios relatados anteriormente.

No momento em que a equipe fazia buscas no terreno  recebeu a informação  de  que na casa de  Luiz Fernando poderia haver peças também e com base na suspeita policiais encontraram  um tampão, reconhecido pelo policial como sendo de um Fiat/Palio weekend, que havia sido  furtado na madrugada do 23 de junho. Luis Fernando acusou seu compadre de nome Pedro, como sendo autor, visto este apareceu em sua casa informando que havia praticado o furto do carro, e que deixaria algumas peças e abandonaria  o carro numa plantação de pinus.

Os acusados, devidamente identificados pelos policiais, informaram que outras pessoas haviam participado dos furtos  e que estes  estariam de posse  de  varias peças de outros veículos em suas residências, no bairro lagoão. Com base nisso,  policiais intensificaram as buscas e no local indicado como paradeiro dos acusados  abordaram  Diego Alvez da Silva,19; Adair da Silva,22, (vulgo Daio); Alex Sandro Motta Doner 22 anos; Jorge Luiz Pavani de Mattos, 20 anos  e um menor, 17.

Com autorização dos abordados, policiais adentraram às residências indicadas  onde foram  encontrados mais acessórios automotivos de origens duvidosa e duas espingardas e munição. Todos os envolvidos não souberam informar a procedência  das peças, acessórios e demais  objetos.

Conforme a lei, os acusados receberam voz de prisão e apreensão, no caso do menor,  e  encaminhados a delegacia de Polícia Civil.  Policiais Militares ainda lavraram autuações de trânsito pois um dos carros estava sendo dirigindo por motorista sem a Carteira Nacional de Habilitação.