Houve um aumento significativo nos números de ocorrências de roubos registradas em Palmas, sul do Paraná, em 2016.

Dados da Polícia Militar levantados até o último dia 10 mostram uma elevação de aproximadamente 85% em comparação com 2015. No período de janeiro a maio do ano passado a Polícia Militar atendeu 27 roubos, contra 50 registros apurados em igual período em 2016.

Somente nos últimos sete dias deste mês, foram confeccionados 10 registros de apropriação indébita de bem alheio, além de outros dois roubos tentados. Outro fato que preocupa as autoridades policiais e a comunidade é a violência emprega pelos bandidos durante a ação.

Nos boletins de ocorrências nos últimos dias em várias situações os assaltantes não se contentaram em apenas roubar, espancam ás vitimas com gravidade, as deixando hospitalizadas.

Em uma ocorrência no bairro São José um vendedor foi ferido a pauladas, socos e chutes e teve todos os produtos avaliados em R$ 1000, levados. Em outra situação a vítima foi agredida a facão na cabeça e levado R$ 1800.

Os transeuntes também são alvos dos marginais. As pessoas principalmente adolescentes e jovens usam muito o celular em via pública, ficando vulnerável a ação dos marginais “os policiais atenderam duas ocorrências em que adolescentes que usavam seus celulares em via pública foram alvos dos assaltantes, então todo o cuidado é pouco” disse ao RBJ o aspirante Nicola, comandante da ROCAM de Palmas.

Segundo o Aspirante, equipes Policiais da 2ª Companhia estão intensificando o trabalho para alcançar os praticantes desse tipo de crimes e medidas de combate à ação dos criminosos serão tomadas.

leia mais:

Onda de roubos preocupa comerciantes de Palmas