A Polícia Civil de Francisco Beltrão, com apoio da Delegacia de Ampére e do Instituto de Criminalística, cumpriu na manhã desta terça-feira (10) um mandado de busca e apreensão, que resultou na prisão em flagrante de um homem de 31 anos acusado de armazenar vídeos contendo cenas de sexo explícito com crianças e adolescentes.

Após denúncia recebida da Polícia Civil de Brasília, a Delegada Emanuelle Carolina Baggio representou ao juízo pela busca e apreensão dos aparelhos eletrônicos que pudessem armazenar os referidos vídeos. Foram apreendidos um celular e um notebook. No celular, de fato, foram encontrados vídeos de sexo com crianças, o que ensejou a prisão em flagrante delito do suspeito.

O crime está previsto no artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente e a pena pode chegar até 4 anos de prisão. Apesar da prisão, as investigações seguem para verificar se houve divulgação destes vídeos ou a prática de outros atos criminosos.

Confira, na íntegra, a entrevista concedida pelo delegado chefe da 19ª Subdivisão Policial de Francisco Beltrão, Ricardo Moraes, ao jornalista Romeu Junior: