"Tereza" de 25 metros que estav de posse dos presos.
  • Compartilhe no Facebook

“Tereza” de 25 metros que estava de posse dos presos.

Policiais da ROTAM (Rondas Ostensivas Táticos Móvel), com apoio da ROCAM (Rondas Ostensivas com Apoio de Motos), do 21º Batalhão realizaram nesta quinta-feira (20) uma nova operação bate grade na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão. A fiscalização começou as 08 horas da manhã se estendendo até as 13 horas e ocorreu sem qualquer alteração.

Na oportunidade, a Polícia Militar garantiu a integridade dos Agentes Penitenciários que procederam revista na 9ª galeria do bloco I. No local foram encontrados três pedaços de ferro com 10 cm cada, duas peças de ferro de 25 cm cada e uma Tereza (corda artesanal feita com cobertores) com aproximadamente 25 metros.

Frase escrita pelo preso na parede do cubículo.
  • Compartilhe no Facebook

Frase escrita pelo preso na parede do cubículo.

Além disso, foram constatadas algumas falhas na estrutura, as quais receberam manutenção. Também foi verificado que o detento Jonh Lenon, acusado do homicídio que aconteceu na sexta-feira (14), escreveu na parede do cubículo uma frase em tom de ameaça: “A mãe cria e o Jonh Lenon mata”.

O Comando da Polícia Militar e a direção da Penitenciária Estadual avaliaram como extremamente proveitosa a operação. De acordo com Marcos Andrade, diretor da unidade, esse tipo de ação é extremamente importante para a segurança do Agentes Penitenciários que trabalham no local e até mesmo para os detentos, nesse caso aqueles mais vulneráveis. Andrade também fez questão de ressaltar mais uma vez o apoio incondicional da Polícia Militar na execução da operação.

O comandante da 1ª Companhia do 21º Batalhão, Capitão Rogério Pitz, destaca a importância desse tipo de ação, pois só assim é possível evitar que os presos se armem ou concretizem fugas da unidade. Pitz garante que a Polícia Militar tem o papel de proteger a comunidade, por isso sempre estará a disposição da direção da Penitenciária Estadual e outras instituições de segurança da região.

Dano causado na estrutura de um cubiculo.
  • Compartilhe no Facebook

Dano causado na estrutura de um cubiculo.