5ª SDP de Pato Branco.
  • Compartilhe no Facebook

5ª SDP de Pato Branco.

Na manhã desta quarta-feira (18), o Delegado chefe da 5ª SDP, Delegado Getúlio de Morais Vargas juntamente com o delegado da 11ª DRP de Chopinzinho, Alexander Meurer, realizaram uma coletiva de imprensa na 5ª SDP de Pato Branco para dar detalhes das investigações a respeito da morte do Procurador Municipal de Chopinzinho, Algacir Teixeira de Lima, homicídio ocorrido na manhã da última segunda-feira (16) no centro da cidade.

Segundo informações duas pessoas estão presas na 5ª SDP em Pato Branco, sudoeste do estado, uma delas seria a possível mandante do crime, uma mulher com quem a vítima teria trabalhado junto a algum tempo no município de Chopinzinho, esta mulher não teve o nome divulgado pela polícia pois as investigações continuam e a suspeita da participação de mais pessoas no crime. Também está preso um dos participantes no crime que é Geferson da Rosa Nascimento.

Ainda estão foragidos João da Rosa Nascimento que é irmão de Geferson e Darci Lopes de Aquino que é a pessoa que efetuou os disparos contra Algacir. Segundo informações dos policiais a suposta mandante teria acertado com o executor a quantia de R$ 6.500,00 ( seis mil e quinhentos reais ), e já teria adiantado a quantia de R$ 2.500,00 ( dois mil e quinhentos reais ), e o motivo seria um desentendimento pessoal com a suposta mandante com a vítima.

Dr Getúlio de Morais Vargas.
  • Compartilhe no Facebook

Dr Getúlio de Morais Vargas.

Segundo o Delegado Chefe da 5ª SDP de Pato Branco, Dr Getúlio de Morais Vargas, as investigações continuam por que a polícia trabalha com a hipótese da participação de mais pessoas nesse crime, “ o trabalho continua, por que a pessoa que efetuou os disparos e as outras duas pessoas que participaram do crime já foram identificadas e uma delas já está presa, mas as investigações continuam por mais 30 dias para que possamos dar uma resposta para a sociedade de forma completa”.

 

Dr Alexander Meurer.
  • Compartilhe no Facebook

Dr Alexander Meurer.

Para o Delegado de Chopinzinho, Alexander Meurer, o crime está elucidado onde dois estão presos e dois estão foragidos mas já com a prisão decretada, “ ele está elucidado temos o autor que executou a vítima de forma cruel na frente de duas crianças, temos os dois partícipes que o acompanhou no trajeto e na hora dos fatos e temos fortes indícios da mandante desse crime”.

Continuam foragidos João da Rosa Nascimento e Darci Lopes de Aquino ( este de alta periculosidade), qualquer informação deve ser repassada à Polícia Civil através do telefone (46) 3242-1446 – Chopinzinho, 190 ou 181 da Polícia Militar, a denúncia pode ser de forma anônima.

Fotos: Edson Zuconelli e Polícia Civil.