Nesta quinta-feira(12) acontece em Marmeleiro, no Tribunal do Júri, o julgamento de André Santos da Silva, 23, que é acusado de participação na morte de Adriana Hoesel Ferronatto, 34, em um crime ocorrido no dia 11 de outubro de 2016, no bairro Coophamar, em Marmeleiro.

De acordo com a denúncia feita pelo Ministério Público, no dia do crime, os acusados André e Vinicius Alceu Sinhori da Costa, 28, estavam aguardando a vítima, que estava dirigindo a Van escolar da família. Quando Adriana retornou para casa, depois de deixar todos os alunos nas escolas, foi baleada por Vinicius, sendo que o André estava junto e acompanhou toda a situação. Adriana estava grávida e foi socorrida rapidamente, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Regional de Francisco Beltrão horas depois do fato.

A investigação apurou que os dois foram contratados para matar Adriana. André que dirigia o veículo foi contratado por R$ 3.000,00 e Vinicius que efetuou os disparos por R$ 15.000,00. A investigação também identificou um possível mandante que chegou a ser preso, mas foi liberado e também deverá responder pelo crime.

André e Vinicius estão presos, mas somente o André será julgado nesta quinta-feira.

 

Relembre o caso:

Mulher leva quatro tiros em emboscada e morre no hospital