No próximo dia 04 de novembro, Leomar Bolzani, prefeito afastado de Chopinzinho, deverá responder o processo de suposto envolvimento na morte do procurador Algacir Teixeira de Lima, em liberdade.

Segundo informações da 5ª SDP, Bolzani vai utilizar tornozeleira eletrônica para que a polícia possa monitorar sua localização. Posteriormente ele será encaminhado para sua residência em Chopinzinho.

Bolzani está detido na Delegacia de Pato Branco, por suspeita de envolvimento na morte do Procurador do município, Algacir Teixeira de Lima, 51 anos, fato ocorrido no dia 16 de março, na área central do município.

O departamento de jornalismo RBJ tentou entrar em contato com a defesa de Leomar, mas até o fechamento da matéria não obteve resposta.