O Tribunal do Júri  está realizando sessão para julgamento quatro suspeitos de tentativa de homicídio no município de Abelardo Luz, Oeste de Santa Catarina, contra  Edenor Baumgratz (popular Gato do Mato). O crime ocorreu em 18 de janeiro de 2019, no bairro São João Maria.  Devido o histórico de vingança e registro de assassinato e ameaças, a segurança do Fórum foi reforçada. Além da Polícia Militar, policiais da Casa Militar e Gaeco estão no local.

Na noite do crime, dois homens encapuzados e armados com revólveres, pararam uma caminhonete de cor prata em frente a residência e efetuaram diversos disparos de arma de fogo contra a vítima que estaria na casa de um amigo. Ferido,  Baumgratz correu para dentro da residência. Os  acusados desceram do veículo, entraram na casa e teriam efetuado diversos outros disparos de arma de fogo. Logo após fugiram. Próximo dali, foi encontrado  um veículo abandonado, com o motor quente e faróis ligados. Os envolvidos foram identificados e presos dias após a conclusão das investigações da Polícia Civil. 

A vítima foi socorrida e encaminhada ao hospital local e, posteriormente, foi transferido ao Hospital Regional em Xanxerê, onde se recuperou.

O júri está sendo presidido pelo Juiz da Comarca de Abelardo Luz, Emerson Carlos Cittolin dos Santos. Na  acusação  está o Promotor de Justiça, Christopher Augusto Danielski e na defesa os advogados, Silvana Aparecida Crusaro Nunes, Denis Antônio Snichelotto, Felipe Andrei Rissardi, Arley Charles Ruas Lubi, Joacir Marcos Corrêa, Dori Edson Garcia e Mayara Juppa. 

Informações/fotos: Moacir Chaves _ Liberdade/Jornal O Falcão