O descaso de um investigador resultou na fuga de três presos da Cadeia Pública de Chopinzinho na madrugada desta sexta-feira (28). Os presos saíram por encontrar toda facilidade, pois não havia durante a noite nenhum policial na unidade.

O investigador responsável pelo plantão abandonou a delegacia e foi posar num hotel da cidade, deixando a unidade totalmente desguarnecida. Percebendo a fragilidade, os detentos que estavam recolhidos de maneira provisória conseguiram fugir com toda tranquilidade.

Entre os fugitivos estão dois rapazes envolvidos em assaltos. Um se trata do adolescente apreendido pela Polícia Militar na quarta-feira (26), pela manhã, acusado de assaltar uma família no interior de Chopinzinho na terça-feira (25), à noite.

Também deixou a delegacia um homem preso pelo crime de violência doméstica. Esse foi preso novamente na sexta-feira (28), pela manhã, após ser denunciado pela própria esposa. O homem estava dormindo em sua residência, no Bairro São Cristovão, bem próximo da Delegacia de Polícia.

Quanto aos outros foragidos, esses ainda durante a madrugada furtam um Fusca em Chopinzinho, mas abandonaram o carro ao se deparar com a polícia numa estrada do interior, quando conseguiram fugir ao adentrar num matagal. Como abandonaram o veículo, praticaram na manhã desta sexta-feira (28), em Saudade do Iguaçu, o furto de uma moto.

O fato aconteceu na Linha Tateto, no pátio de um laticínio, de onde conseguiram fugir, não sendo encontrados até o momento. O fato deixou policiais militares revoltados, pois aconteceu unicamente por irresponsabilidade do agente da Polícia Civil, que abandonou a delegacia em seu horário de plantão. A fuga foi percebida somente no dia seguinte, quando o policial retornou à unidade.