Corpo de Bombeiros e equipes da prefeitura trabalham desde a tarde de quinta-feira (14) no combate a um incêndio em vegetação na comunidade Santa Gema, interior de Bituruna, Sul do Paraná. Uma casa quase foi atingida pelas chamas. Vegetação seca e vento forte contribuem para que o fogo se alastre e dificulta o trabalho das forças de segurança.

Em Palmas, também no Sul do Paraná, somente na quinta-feira (14), o Corpo de Bombeiros registrou cinco ocorrências de incêndio em vegetação.  Na área do 2º SGBI (Subgrupamento de Bombeiros Independente) de Pato Branco, foram 15 ocorrências do gênero no mesmo dia.

Na última semana, desde sexta-feira (08), foram 46 atendimentos a incêndios em vegetação na região de abrangência do 2º SGBI – Bom Sucesso (1), Chopinzinho (5), Clevelândia (5), Coronel Vivida (9), Honório Serpa (2), Itapejara D’Oeste (2), Mangueirinha (1), Palmas (10), Pato Branco (10) e Vitorino (1).

O Corpo de Bombeiros faz uma série de recomendações à população como forma de prevenir incêndios ambientais, uma vez que qualquer lixo jogado em meio à pastagens e áreas de mato seco pode ocasionar incêndios de grandes proporções.

Durante viagens ou passeios, a orientação é evitar jogar bitucas de cigarros, fósforos, materiais de vidro e outros objetos que possam iniciar um foco de incêndio. Outras medidas de prevenção, por exemplo, ao realizar queimadas é criação de aceiros – faixa livre de vegetação, para evitar que o fogo se alastre – a frequente limpeza do mato, o cuidado com produtos inflamáveis, a prática de desrama (retirada de ramos) e o fácil acesso à captação de água, contribuem para extinção do fogo de forma rápida e segura.