Uma menor de 17 anos foi agarrada a força por um homem na rua Dr. Beviláqua, por volta das 19h30, enquanto se deslocava para o colégio. A mãe da menor que acionou a Polícia relatou que a filha teria sofrido uma tentativa de estupro.

Segundo relatos o acusado aproveitou o local de pouca iluminação, abaixou as calças e investiu contra a menor, agarrando a vítima a força. Aos gritos e se debatendo muito, ela conseguiu se livrar. Em depoimento a autoridade policial a jovem disse que a única característica do autor é que possuía barba.

Durante patrulhamento no intuito de localizar o denunciado a Central de Comunicação da PM (190), recebeu a ligação de uma mulher, relatando que nas proximidades do Colégio Dom Carlos, onde residente, um homem havia tentado lhe agarrar. A mulher contou a Polícia que o acusado usava calça jeans, moletom claro, de boné, com cor de pele parda e 1,75 de altura aproximadamente.

Segundo ela o rapaz que estava escondido atrás de um caminhão esperou ela passar, baixou as calças e investiu contra a vítima que desesperadamente gritou até que o rapaz a soltou e tomou rumo ignorado.