A Polícia Militar do município de São João, sudoeste do estado, atendeu na madrugada desta terça-feira (31), por volta das 4 horas, na comunidade de Linha Porto Velho, interior do município, uma ocorrência de lesão corporal.

Chegando no local os policiais encontraram a vítima identificada como Alexandro Martello de 30 anos, com vários ferimentos na região da cabeça. Alexandro foi levado ao hospital por uma ambulância da prefeitura, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

A polícia trabalha com a hipótese de que o autor da agressão seja o próprio pai de Alexandro, Claudir Antonio Martello de 66 anos. Segundo informações do comandante da PM de São João, Sub Tenente Terlamp, pai e filho tinham vários desentendimentos, inclusive boletins de ocorrência haviam sido registrados por Cleudir contra o filho.

Alexandro tinha seguidos transtornos e se tornava uma pessoa muito perigosa. Em diversas oportunidades avançou contra o pai, para agredi-lo, por isso Claudir havia registrado os boletins junto a Polícia Militar.

Claudir não foi encontrado pela Polícia Militar que repassou a ocorrência a Polícia Civil para as providências. O corpo de Alexandro foi recolhido ao IML de Pato Branco.