Capacete que Sady usava no dia em que foi baleado. Foto de arquivo
  • Compartilhe no Facebook

Capacete que Sady usava no dia em que foi baleado. Foto de arquivo

Morreu na noite de quarta-feira (18) no Hospital Regional em Francisco Beltrão, Sady Albino de Abreu, 46 anos. O homem estava internado desde o dia 10 de novembro, quando foi ferido com um tiro na cabeça.

O fato aconteceu no início da manhã durante o deslocamento de Sady para o trabalho. Socorrido pelo SAMU, ele passou por uma cirurgia no mesmo dia e foi encaminhado à UTI, onde teve morte cerebral ainda na sexta-feira (13). O corpo de Sady foi recolhido ao IML de Francisco Beltrão para necropsia.

O autor do disparo foi identificado e se apresentou na Delegacia de Francisco Beltrão um dia após o fato. Na ocasião, Daniel de Mattos, que é casado com uma enteada da vítima, foi interrogado pelo Delegado Marcos Pestano, mas não quis explicar o motivo que o levou a atirar contra Sady. Foi liberado para responder em liberdade.

Relembre o caso, clique aqui: