Os policiais militares foram chamados ao bairro Villa Nova em Coronel Vivida na terça-feira (25), pois segundo informações um homem estava ameaçando seu sobrinho, um rapaz de 17 anos, com um revolver. No local os policiais flagraram o cidadão com a arma, o qual recebeu voz de prisão.

Na sede da 3° Companhia, os policiais descobriram que o revolver que o homem carregava tinha registro de furto em Mangueirinha, em 2012. Aos policiais militares, o detido alegou que sua ira contra o sobrinho era porque o adolescente estaria mandando cantadas e mensagens românticas (torpedos) à sua mulher.

Ainda na segunda-feira (24), o homem já havia ido até a casa de seu sobrinho, e lhe chamou para fora da casa e o agrediu com socos e chutes, e quando o rapaz tentou correr, o tio puxou uma faca e lhe desferiu golpes acertando um deles em suas costas. O rapaz disse que naquela oportunidade conseguiu fugir de seu tio, mas o homem disse que voltaria para terminar o serviço.

O homem juntamente com a arma apreendida foram encaminhados a delegacia para as providencias cabíveis.