O Governo do Paraná dá inicio ao processo de instalação da Companhia Independente da Polícia Militar de Laranjeiras do Sul, Centro-Sul do Estado, através da assinatura do ato de instauração dos procedimentos para criação da nova unidade policial, em cerimônia no Cine Teatro Iguaçu, neste sábado (11), às 09h30.

É esperada a presença do secretário-chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, além de autoridades militares, políticas e civis da região. Com a  assinatura do documento, são iniciados os trâmites para a elaboração do Decreto que instalará a Companhia.

A Companhia Independente de Laranjeiras do Sul abrangerá os municípios de Nova Laranjeiras, Rio Bonito do Iguaçu, Cantagalo, Virmond, Porto Barreiro, Marquinho, Goioxim, Palmital e Laranjal, com uma população estimada de 110 mil habitantes. A estimativa é que com a elevação, a região passará a contar com um efetivo 50% maior, passando dos atuais 180 para mais de 270 policiais.

No final do mês de fevereiro, prefeitos da região da Cantuquiriguaçu cobraram ações por parte do Governo do Paraná para a instalação da Companhia Independente. O novo presidente da entidade, Odir Gotardo, prefeito do município de Pinhão, afirmou que era preciso buscar uma definição de qual cidade vai abrigar a nova estrutura policial.

Em dezembro de 2015, o governador Beto Richa sancionou lei que autoriza o Executivo Estadual “a criar, mediante decreto, uma Companhia Independente de Polícia Militar, com sede no Município de Laranjeiras do Sul”. Porém, a nova diretoria Cantuquiriguaçu defenderam que cidades como Rio Bonito, Virmond e Cantagalo também preenchem requisitos para sediar a Companhia.

Por sua vez, o prefeito de Laranjeiras do Sul, Berto Silva, em solenidade de entrega de armas para a PM no inicio desta semana, rebateu as intenções dos demais prefeitos e garantiu a instalação da Companhia no município, que atualmente é sede da 2ª Companhia do 16º Batalhão da Polícia Militar.