O Gaeco – Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, núcleo de Francisco Beltrão, prendeu na tarde desta sexta-feira (17) em Pato Branco, no Sudoeste do Estado, um funcionário público.

Eriberto Anselmo Kaghofer, lotado no escritório regional do IAP, teve a prisão decretada pela justiça. Ele era investigado na “Operação Contrapartida” e já estava afastado por determinação judicial.

De acordo com o Gaeco, o funcionário estaria interferindo nas investigações e na coleta probatória, motivo pelo qual teve a prisão solicitada pela coordenadoria do Gaeco.

Fonte: Gaeco