Trabalho de investigação com o objetivo de chegar aos autores do arrombamento de três agências bancárias e uma relojoaria na quinta-feira (30) em Mangueirinha, sudoeste do Paraná, levou a Polícia Civil e o COPE – Centro de Operações Policiais de Curitiba a localizarem em Reserva do Iguaçu, Luiz Osório Bento dos Reis.

Ele foi detido após tentar fugir da Polícia pelos fundos de uma propriedade rural, ás margens da rodovia de acesso ao município de Guarapuava. Luiz Osório detinha em seu desfavor mandado de prisão condenado por mais de oito anos de prisão em regime fechado, pelos crimes de roubo e associação criminosa, cometidos em Mangueirinha.

Na residência durante buscas a Polícia encontrou uma espingarda calibre 24, e duas munições. Diante dos fatos, além do cumprimento do mandado foi dado voz de prisão pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e uso de documento falso, pois apresentou uma CNH falsa a Polícia.

Luiz Osório ostenta uma extensa ficha criminal, por diversos crimes, dentre eles porte ilegal de arma de uso restrito, formação de quadrilha, furto qualificado e roubo agravado, o qual se encontrava foragido desde 2009 quando foi negado recurso pelo Tribunal de Justiça do Paraná contra a decisão que o condenou aos crimes praticados no ano de 1999.

O preso foi encaminhado para Guarapuava.  O Delegado Breno Machado de Paula informa que as investigações sobre os roubos aos caixas eletrônicos em Mangueirinha continuam em sigilo.

leia mais: 

Arrombamentos de três bancos em Mangueirinha: COPE auxiliará nas investigações

Bandidos explodem bancos e atiraram contra Pelotão da Polícia Militar em Mangueirinha