O que seria de um mundo sem o transito, já imaginou? Como seria todo esta movimentação? O trânsito é importante para a economia do mundo, pais, cidades, por interligar produções industriais ou naturais aos consumidores, através dos meios de transporte. Além disso, proporcionando o fluxo de pessoas para o trabalho, escola, médico, diversão, etc.

A criação do Dia Nacional do Trânsito sucedeu a partir da criação do Código Nacional de Trânsito em 1997. O objetivo era estabelecer uma campanha intensificada de conscientização das pessoas sobre o seu comportamento utilizando veículos ou agindo como pedestres. Geralmente, essa campanha é desenvolvida na Semana Nacional de Conscientização no Trânsito.

Mas nos dias atuais o transito esta quase sendo um vilão, onde todos os dias se finda com um desastre, entre vitimas fatais ou socorridos pelas unidades de saúde, entre os motivos é desrespeito na legislação e imprudência.

Em entrevista a Radio Difusora América com repórter João Eduardo Gomes, a enfermeira do Centro Municipal de Saúde de Chopinzinho, Marceli Cervo Leonarchik, explica que  no transito as pessoas estão morrendo mais que nas guerras,  “ Os acidentes no transito incapacitam mais pessoas do que as próprias guerras, a cada uma hora morrem cinco pessoas vitimas de acidentes de transito”. Marceli também salienta o posicionamento de pessoas em acidente, “é bom lembrar que as pessoas que para em algum acidente que ajudem, não acumulem o local e tenham muita calma por mais grave que o acidente seja”.