Dois acusados de envolvimento na morte de Ilizeu Dias da Cruz, 21, no interior de Passos Maia(SC) foram detidos ontem(17) por policiais Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Xanxerê, coordenados pelo delegado, Maiko Frank Vivi. Durante a operação nos municípios de Água Doce e Vargem Bonita também foram apreendidas várias armas de fogo. Ao todo 15 policiais civis de Xanxerê, Faxinal dos Guedes, Bom Jesus, Ponte Serrada e Joaçaba, participaram da operação.

Os homens, de 54 e 58 anos, teriam praticado o crime na Fazenda Santo Agostinho, no dia 13 de dezembro de 2015 e deixado o corpo da vítima ao lado da caminhonete que utilizavam. A polícia apurou que a morte foi ocasionada por um desentendimento entre membros de uma quadrilha que atuava no furto de gado em diversos municípios da região.


A S10, placas de Vargem Bonita,  foi roubada pelo grupo, sendo que o proprietário do carro foi amarrado em meio a mata na localidade do Assentamento Conquista do Horizonte, próximo a Palmas, sul do Paraná.

Após ficar tempo sendo vigiado, na manhã seguinte procurou ajuda e, posteriormente, relatou aos policiais que teria ouvido um disparo de arma de fogo próximo de onde havia sido encontrado o corpo da vítima ao lado da referida caminhonete.

Conforme o repórter Flavio Carvalho(Ronda Policial) os dois presos foram encaminhados a Delegacia de Polícia de Joaçaba. Relatou o delegado que coordenou a operação, que outros dois acusados já haviam sido presos pela polícia, em Ponte Serrada em março e em União da Vitória/PR em abril.