O delegado da Polícia Civil de Palmas, Felipe Silva de Souza, esteve participando em Curitiba, entre os dias (19) de agosto e (02) de setembro, de estágio de operações especiais, com o Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial – TIGRE. As atividades voltadas ao preparo policial e especialização em ações, foram realizadas por 14 pessoas que atuam no setor de segurança pública no estado, destas, apenas três delegados.

  • Compartilhe no Facebook

Conforme o delegado Felipe, para participar do curso, foi necessário passar por uma seletiva anterior. Após, os 14 aprovados participaram de todas as atividades programadas para o estágio, sendo necessário cumprir as exigências propostas pelos instrutores do TIGRE. Algumas das técnicas aprimoradas foram; utilização de armas de fogo com eficácia, padronização de procedimentos em operações policiais, capacidade de se defender em combate desarmado, invasão de residência por rapel, conhecimento sobre explosivos, atendimento pré-hospitalar (APH), técnicas verticais, decolagem em situações extremas, entre outras.

Dos conhecimentos adquiridos, alguns deles se aplicam a realidade de cidades do interior, e serão repassados as equipes compostas na delegacia de Palmas para que os policias estejam cada vez mais preparados para enfrentar a adversidades do dia-dia, afirmou o delegado.