• Compartilhe no Facebook

Um homem foi rpeso durante as diligências. Foto de divulgação

A Polícia Civil de Coronel Vivida, com auxílio do Ministério Público, desencadeou na manhã desta quarta-feira (18) uma operação para cumprimento de mandados de busca e apreensão. A ação policial faz parte de uma investigação que apura o comércio de armas e drogas, bem como a compra de votos nas eleições para o Conselho Tutelar de Coronel Vivida.

Conforme o delegado Romulo Contrin Ventrella, responsável pela investigação, a polícia descobriu o comércio de armas e munições, bem como a compra de votos envolvendo o parente de uma candidata ao Conselho Tutelar nas eleições desse ano. Todas as informações foram repassadas ao Ministério Público, que solicitou as ordens de busca e apreensão.

Ao todo, foram cumpridos quatro mandados em Coronel Vivida e um na cidade de Içara (SC). Durante as buscas, foram apreendidos aparelhos celulares, buchas de cocaína, uma arma e munições. Um homem foi preso e conduzido à Delegacia de Coronel Vivida. Apesar da realização da operação, o delegado Romulo Contrin Vantrella afirma que as investigações ainda não foram concluídas.

Fonte/fotos: Polícia Civil