Está acontecendo desde o início da semana em Palmas, no sul do Paraná, a 5ª Semana Nacional da Justiça pela Paz em Casa, desenvolvida pelo Poder Judiciário como apoio do Ministério Público da Comarca – seguindo orientação do Tribunal de Justiça do Paraná.

Conforme o Juiz Henrique Kurscheidt, a Vara Criminal da Comarca de Palmas realizará mais de 40 audiências de processos relacionados à Lei Maria da Penha, os quais serão julgados, se possível, na própria audiência.

Em entrevista, relatou que diariamente ocorrem prisões em flagrante de homens sob suspeita de violência, agressão e ofensa e em média outras duas concessões de medidas protetivas à mulher.

Diante do quadro atual o Poder Judiciário e o Ministério Público com o apoio do setor policial estão ampliando as ações de combate à violência na Comarca com ações de orientações e esclarecimentos à população bem como intensificam julgamentos de denunciados com objetivo de diminuir o sofrimento de mulheres vítimas de violência da Comarca.

Este ano a Semana Nacional da Justiça pela Paz em Casa terá duas edições, essa primeira em agosto e a segunda de 21 a 25 de novembro.